Archive for Abril, 2010

h1

A culpa da greve é do governador!

29/04/2010

Anúncios
h1

Servidores da Unimontes pedem socorro!

29/04/2010

h1

Assembléia Unificada

28/04/2010

Aconteceu hoje no auditório do CCH (prédio 2) a primeira assembléia unificada das categorias da unimontes: servidores técnicos administrativos, professores e estudantes.

A assembléia marcou o início de uma greve unificada na universidade. A união dos segmentos com certeza deixará o movimento cada vez mais forte.

Contamos também com a união com os professores da rede estadual, que estarão juntos conosco nas manifestações e reinvidicações.

Como resultado da assembléia tivemos os seguintes encaminhamentos:

  • Manifestação na porta da reitoria com acompanhamento permanente. Agora além da concentração na porta do Hospital Universitário teremos também um acampamento montado na porta da reitoria das 7h até às 20h.
  • Mobilização para audiência pública, (12/05) quarta-feira em Belo Horizonte.
  • Passeata no centro da cidade com participação do SIND-UTE no dia 06/05.
  • Arte greve semanal.
  • Acampamento na porta do CCSA. Será montado um acampamento também na porta do prédio 1, visto que a adesão dos professores desse centro é muito pequena. O acampamento será montado com o intuito de se conseguir mobilizar tanto esses professores quanto os alunos a aderirem à greve.
  • Basar cultural. Data a ser marcada.

A greve é de todos nós, contamos com o apoio de todos!

h1

Serviços de Saúde, Educação e também do Ministério do Trabalho estão paralizados em Montes Claros

23/04/2010

O Sind Ute pede reajuste do piso e da tabela de carreira dos professores, este ano a categoria recebeu aumento de dez por cento do salário.
A greve do Sindicato dos Trabalhadores da Educação, em Minas já é uma realidade. A paralisação de advertência começou no dia oito, várias escolas da região estão sem aulas. O Sind Ute pede reajuste do piso e da tabela de carreira dos professores, este ano a categoria recebeu aumento de dez por cento de salário.

Os professores da Unimontes formaram uma comissão, que se reuniu com a Secretaria Estadual de Planejamento e apresentou as reivindicações. O movimento ganhou a adesão dos alunos universitários.

Os trabalhadores da área de saúde estão paralisados há 25 dias no hospital universitário, a adesão foi de70%. Eles deverão continuar parados até o dia três de julho, caso não haja negociação com o Governo do Estado.

Veja a notícia completa e o vídeo no site da InterTV: http://intertvonline.globo.com/mg/noticias.php?id=6252

Fonte: Rede Inter TV – http://intertvonline.globo.com/mg/

h1

Pauta de reinvindicações dos servidores

23/04/2010

Para visualizar a pauta de reinvindicações dos servidores da Unimontes, clique no link abaixo:

PAUTA DE REINVINDICAÇÕES DOS SERVIDORES TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS DA UNIMONTES

h1

Professores e estudantes também aderiram à greve

21/04/2010
Servidores em greve por tempo indetermidado

Servidores fazendo passeata nas ruas de Montes Claros

A greve da Unimontes, completou hoje (20/04) 26 dias. O Hospital Universitário Clemente de Faria está atendento apenas 30% de sua capacidade, como preconiza a legislação de greve. Os atendimentos de mais de 80 cidades do norte de minas, vale do jequitinhonha e sul da Bahia, estão suspensos. A greve do Hospital Universitário agravou o quadro caótico em que se encontra a cidade de Montes Claros. No dia 16 de abril, os estudantes da universidade entraram em greve em apoio ao movimento dos servidores técnicos administrativos. No dia 19 de abril, os professores da unimontes também entraram em greve por tempo indeterminado. Os professores permanecerão em greve até que o Estado de Minas tenha proposta concreta para os servidores técnicos administrativos.

A greve dos servidores conta com o apoio da câmara municipal de Montes Claros, que elaborou documento externando o apoio incondicional aos servidores da Unimontes que estão recebendo R$. 349,00 por mês e também um vale transporte de 30 reais por mês. O conselho universitário da unimontes, órgão máximo da instituição, aprovou moção de apoio ao movimento grevista dos servidores. O reitor da universidade, profº Paulo César Gonçalves de Almeida admite para todos que a situação dos servidores da unimontes é caótica, sendo o salário de fome.

h1

Governo recebe os servidores da Unimontes após 22 dias de greve

16/04/2010

Após 22 dias de greve, os servidores da UNIMONTES (Campus e Hospital Universitário) conseguem  uma reunião com a Seplag (Secretaria de Planejamento do estado de Minas Gerais) para discutir a pauta de greve.


Read the rest of this entry ?